• XB KENNEL

Exercícios para American Bullies




O American Bully é uma raça relativamente nova, se trata de um perfeito cão de companhia, forte, muito dócil e ativo.


Apesar da aparência, que muitas vezes assusta e transmite um ar de agressividade, se trata de um cão muito amigável. Quem tem um bully em casa, sabe que se trata de uma raça incrível.


Os criadores queriam obter um cão pesado, forte, largo e compacto, deve com toda certeza conhece essa raça. Continue a leitura para entender como é a relação deste cão de aparência tão forte com os exercícios.


Atividades físicas para bullies


Exercícios físicos são fundamentais para a saúde dos pets, com o American Bully não poderia ser diferente.


O melhor tipo de exercícios para esses pets, são boas caminhadas e brincadeiras ao ar livre, que podem fazer muito bem para a saúde de seu pet e até ajudá-lo a desestressar e gastar energia.


Porém, também é de extrema importância se atentar para com a rotina de exercícios do American Bully, pois existem alguns cuidados que devem ser tomados antes de levar seu pet para se exercitar.


Exercícios extremos


O American Bully, como já foi dito, é um cão pesado, forte e braquiocefálico, o que significa que estes cães possuem um maxilar informal ao normal para que seja proporcional ao tamanho corporal, um maxilar superior recuado e um o focinho mais achatado. Isso faz com que esse cão tenha uma respiração diferente de animais que tem o focinho mais longo.


Por isso, é necessário ter muito cuidado quando se leva esse cão para realizar exercícios. Exercícios muito extremos não são tão bons para esta raça, eles não suportam esses exercícios muito intensos.


Então o tutor que opta por cuidar de um American Bully Micro precisa ter consciência de se tratar de um animal que não faz tantos exercícios como o Pitbull brasileiro por exemplo, que também são cães fortes mas que são bem maiores, de pernas mais longas e que aguentam e gostam de exercícios mais intensos.


Tenha atenção, especialmente nas épocas mais quentes, de calor intenso e com o sobrepeso do seu cão. As vias respiratórias superiores comprometem sua habilidade de inspirar ar e por isso sofrem bastante com o calor.


Exercícios em pisos lisos


Outro cuidado importante é com relação a não permitir que esses animais façam exercícios em pisos lisos. Todos os pets quadrúpedes não se adaptam muito bem a este tipo de piso.


Um piso muito liso pode causar desconforto ou até mesmo problemas articulares em seu pet, com os Bullies, essas complicações podem ser ainda piores, por eles serem bastante pesados e musculosos.


O ideal é evitar fazer exercícios ou deixar que eles façam muitos esforço em pisos muito lisos, prevenindo assim que esses animais se tracionam para uma corrida ou escorreguem, dessa forma evitamos que ocorra algum estresse articular nos pets.


Leve seu American Bully para passear a partir dos 3 meses, depois de maiorzinho, com todas as vacinas tomadas e não exija demais dele.


Faça o acompanhamento em um veterinário para sempre ter certeza que está tudo bem com a saúde de seu amiguinho.


Conclusão


Eu espero que este conteúdo tenha lhe ajudado a entender um pouco mais sobre a relação do American Bully com exercícios.

Adotar um cão de qualquer raça é uma decisão que deve ser muito bem pensada, você precisa estar certo de que é o que realmente deseja e que tem as condições corretas para proporcionar um lar, saúde e muito amor para o seu pet.


Para mais informações sobre a raça, suas características e cuidados, entre em contato conosco, estamos a disposição para quaisquer esclarecimentos.


Entre em nosso site e conheça melhor todos os processos para ter um American Bully e os cães disponíveis.

E aí, decidiu comprar um American Bully?


Acesse o nosso site e confira os filhotes disponíveis.